Em ofício, ANAJUS requer a volta do rodízio no TJPI

A Associação dos Servidores das Carreiras de Analistas e Técnicos do Poder Judiciário do Piauí (ANAJUS/PI), encaminhou um ofício à presidência do Tribunal de Justiça do Piauí (TJPI) e também para a Corregedoria Geral de Justiça do Piauí (CGJ)requerendo renovar o rodízio nas atividades presenciais de servidores em todo o estado do Piauí.

No ofício assinado pelo presidente da ANAJUS, Ari Lago, foi destacado que o Judiciário piauiense já fora fechado totalmente, durante um bom tempo, para evitar exposição de seus servidores a COVID-19.


Ainda de acordo com o documento, durante o auge da pandemia, mesmo com as atividades presenciais suspensas, os processos estavam tramitando, com a adoção do sistema de teletrabalho.


Para o presidente da ANAJUS, Ari Lago, com a diminuição dos casos de COVID-19, o retorno das atividades presenciais aconteceu de forma gradativa e no formato de rodízio, o que evitou maiores danos com casos de servidores detectados. Na sequência o que se observou foi o retorno normal.


“No momento, estão acontecendo muitos casos de COVID19 causando a diminuição de servidores em atendimento presencial no TJPI. Dessa forma, solicitamos à presidência e à corregedoria o retorno do rodízio de servidores neste tribunal”, disse o presidente da ANAJUS.

Os ofícios foram recebidos nas duas unidades de destino.

Filie-se à ANAJUS-PI

Associações são instituições dotadas de personalidade jurídica privada formadas por pessoas que resolveram se unir, por vontade própria, em prol de um bem comum. São muitos os motivos para se tornar membro, mas o principal é o desejo de integração da categoria, na busca por vencer as diversas batalhas que os servidores enfrentam no dia a dia.

Quero me associar