TJ-PI realizará mais de 400 audiências de violência contra mulher

Nessa segunda-feira (07), o Tribunal de Justiça do Piauí começou a realizar audiências e julgamentos de processos envolvendo violência doméstica e familiar e casos de feminicídios. A ação faz parte da 20ª Semana da Justiça pela Paz em Casa que deve seguir até o dia 11 de março.

De acordo com o TJ-PI, em todo o Estado estão pautadas 407 audiências híbridas e 01(um) júri de feminicídio. Na capital, Teresina acontecerão 87 audiências de violência doméstica, 05 audiências de feminicídio e 01(um) júri de feminicídio. Em 14 comarcas do interior estão previstas 315 audiências de violência doméstica.

A realização das audiências tem o objetivo de promover a duração razoável dos processos e garantir o acesso à justiça a milhares de mulheres vítimas de violência. “Todas essas audiências foram pautadas por magistrados(as) piauienses na Semana da Justiça pela Paz em Casa com objetivo de dar visibilidade para temática, trazer a sociedade a discussão sobre o que motiva, o que deve ser mudado para que esses crimes não aconteçam, essa é a principal reflexão da Semana da Justiça pela Paz em Casa”, declarou a coordenadora da Mulher do TJ-PI, juíza Keylla Ranyere Lopes Teixeira Procópio.

A Coordenadoria da Mulher, durante a Semana da Justiça pela Paz em Casa realiza também várias ações de conscientização para fim da violência contra mulher:

-Palestra sobre prevenção à violência doméstica junto a servidoras(es) do SESC (entidade parceira da Coordenadoria) e a capacitação de servidores(as) do TJ-PI sobre a adesão do Tribunal à Campanha Sinal Vermelho;

-O Núcleo de Apoio Multidisciplinar de Parnaíba promoverá a sala de acolhimento a mulheres que precisarem comparecer à audiência no Fórum;

-Núcleo de Apoio Multidisciplinar de Picos realizará capacitação de agentes/delegados da Delegacia Especializada da Mulher de Picos sobre a Rede de Atendimento à Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar;

– Núcleo Maria da Penha de Teresina realizará uma roda de conversa sobre os mecanismos do enfrentamento da violência doméstica e intrafamiliar pouco ou não manejado por operadores(as) do Direito.

Semana da Justiça pela Paz em casa

A Semana da Justiça pela Paz em Casa iniciou em março de 2015. O projeto conta com o incentivo do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e acontece em todo o país. São três edições anuais de esforços concentrados para o combate à violência doméstica: em março – marcando o dia das mulheres; em agosto – por ocasião do aniversário de sanção da Lei Maria da Penha (Lei n. 11.340/2006); e em novembro – em razão do Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra a Mulher instituído pela ONU.

Fonte: viagora.com, TJ-PI.

Filie-se à ANAJUS-PI

Associações são instituições dotadas de personalidade jurídica privada formadas por pessoas que resolveram se unir, por vontade própria, em prol de um bem comum. São muitos os motivos para se tornar membro, mas o principal é o desejo de integração da categoria, na busca por vencer as diversas batalhas que os servidores enfrentam no dia a dia.

Quero me associar